Pages

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Cansei (Ou Canção do Cansaço)

Cansei da monotonia, das noites insossa, da crise existêncial, do Presidencialismo, do Lula, da pátria amada, da amada indolente, da solidão... Cansei;

Da rima perfeita, dos tempos verbais bem conjugados, das nuânces certas... Cansei;

das lembranças dolorosas, das perguntas sem sentido, do BBB, da mímica com as mãos, do cachorro da tia Lulu, do Marxismo... Cansei;

de Kant, Mozart, do Valdique Soriano, do Mundo sem sentido, do sentido das coisas, do Ferreira Gular, da ponta lá ao lado, da canção bem tocada, do dogmatismo, do fim... Cansei...

Do inicio, das fofocas, das esquinas da vida, da lógica ilógica, da política, das placas da rua, do texto em Arial, do Linux, da Galáxia, do existir... Cansei...

Do não existir, do sexo sem “T”, do “T” sem medidas, do gemido fingido, do urro de gozo, do pau broxa, da buceta foló, do tango, do chorinho, da valsa, das canções de amor, das dores de corno, das lágrimas do rompimento, Cansei...

Da medida certa, do carnaval, das manifestações culturais, da Daniela Mercury, da feijoada, do Ronaldo Fenômeno, da dor do parto, do menino cara de joelho, da menina dos olhos, da megalomania, do sorriso forçado, da careta, dos pastores nômades, dos padres e pais de santos, das tribos africanas, do centro do universo... Cansei...

Da filantropia, da lógica que permeia as coisas, da esquizofrênica, das gerações passadas e futuras, da cultura pop, do caralho de asa, da areia, do veneno, do tcham-tcham-tcham, dos paralelos, das paralelas, dos moldes, dos exemplos, dos desgostos, do afã, da vírgula, do ponto em vírgula, do bêbado na sarjeta...

Cansei de mim, de você e de nós...
Cansei de me cansar... Cansei!
E você?

6 devaneios:

Milene Lima disse...

Eu cansei de um tantão de coisas, tenho cansado frequentemente. Mas de ler esse teu texto tão bacana, cansei não.

Daniel do céu, que sacada massa essa, viu? Gostei demais.

Te aplaudo aqui.
Beijos.

Marcela' disse...

Cansei do ócio, do não saber o que fazer, de ter medo e de omelete. Cansei de não conseguir escrever como antes, de passar esmalte vermelho nas unhas, de sentir saudade e das minhas roupas.
Viver cansa.

J. Neto disse...

Fiquei cansado só de ler o texto rs

Sonia Pallone disse...

kkkkkkk...Muito bom Daniel, solidária a vc em vários 'cansaços' apresentados...mas... coitadinho do cachorro da tia Lulu !!!

Menina no Sotão disse...

Eu ainda não cheguei a esse ponto de cansaço, mas já me cansei de muitas coisas ao longo dos dias que se foram. rs
bacio

Elisa disse...

Da rotina, da correria, do próprio cansaço... da falta de vida.

BOO-BOX!!!

Ache Aqui